SSP-BA vai punir policiais e bombeiros que participarem de atos antidemocráticos

[SSP-BA vai punir policiais e bombeiros que participarem de atos antidemocráticos]

O secretário titular da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Ricardo Mandarino, anunciou que a pasta vai, nos termos da lei, punir policiais e bombeiros que participem de atos antidemocráticos, na Bahia, no Sete de Setembro. "Não vamos permitir isso e acabou ponto final. É isso que eu acabei de determinar", declarou Mandarino, na noite deste sábado (4).

"Diante dessas notícias que a imprensa está publicando, especialmente a imprensa do sul do país de que os setores da Polícia Militar e Civil estariam se movimentando para no Sete de Setembro praticar atos criminosos as nossas instituições democráticas, determinei que as corregedorias das Polícias Civil Militar e do Corpo de Bombeiros autuem qualquer integrante delas que estejam praticando atos de vandalismo, atos antidemocráticos em nome da liberdade expressão", justificou o gestor.

Os atos vem sendo convocados, principalmente, pelo presidente Jair Bolsonaro. Em Salvador, está prevista uma manifestação no Farol da Barra. "A liberdade de expressão é um direito sagrado, mas ninguém tem liberdade de expressão pra acabar com a democracia", completou.

Mandarino ainda fez uma defesa enfática das instituições. "Ninguém pode atacar as instituições, as instituições brasileiras e de qualquer país democrático elas são sagradas. O Congresso Nacional é uma instituição sagrada, o Poder Judiciário é uma instituição sagrada, é representado pelo Supremo Tribunal que é o topo da instituição".

B.NEWS

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Mas o que seriam esses tais atos antidemocráticos? Liberdade de expressão,?
    Ato democrático seria queimar pneus, quebrar bancos e patrimônio público, como a esquerda faz em seus atos?

    ResponderExcluir